Soldier – Leal Até o Fim

11854070_881370231912916_1010107361_n

Livro: Soldier –  Leal Até o Fim
Autor: Sam Angus
Páginas: 256
Tempo: 11 dias

Imagina na época da 1ª Guerra Mundial, uma família sem a mãe, um pai afundado nas tristezas e amarguras de ter perdido a mulher e do filho mais velho ter se alistado para a guerra. É nessa casa que Stanley, de 14 anos, mora. E coitado dele, como ele sofre com o pai! Não dá atenção nenhuma pra ele, só sabe brigar, e pior, ele ameaça afogar o Soldier, o filhotinho fofo e preferido do menino que a cachorra deles teve, só porque ele não é puro sangue!!!

Pois é, é assim que começa. Pesado, e a história é bem tensa. Não sei lidar com animais sofrendo, ainda mais cachorrinhos fofos e lindos e amáveis. Chorei horrores lendo esse livro.

Depois de achar que o Soldier está morto, Stanley resolve fugir de casa e entrar no exército para encontrar o irmão na guerra e ficar fora do alcance do pai malvado. E mesmo sendo muito menor de idade ele consegue entrar e acaba virando adestrador dos cães mensageiros. Teoricamente uma posição sem perigos, mas ele acaba duas vezes no front, e viu coisas horríveis, passou por maus bocados, e quase ficou cego! Contei, desculpa

Eu achei a história muito boa, mas não gostei de como a autora escreve, algumas frases são confusas, e o modo como ela expõe os fatos não me agradou. Me incomodou um pouco como o livro foi escrito.

Mas sério, é muito lindo e emocionante tudo que o Stanley passa, é legal ver como ele cresce durante a guerra, ele fica mais maduro e aprende com os erros, achei muito bom essa evolução dele! E fiquei muito surpresa com essa coisa de usarem os cães para levar mensagens durante a guerra, não fazia ideia disso! O livro foi baseado em fatos reais, inclusive alguns perrengues que o Stanley passa com os cachorros durante as batalhas foram inspirados pelo o que o Airedale Jack, um dos mais famosos cães mensageiros, sofreu enquanto estava em serviço naquela época.

E só pra constar, pode ser um spoiler, não sei ainda, mas quando o Stanley começa a treinar um novo cachorro, acontece uma coisa mágica e linda, que só em livro mesmo, e ele desculpa o pai dele, que acaba indo pra guerra também pra procurar o filho e se redimir e fazer as pazes com ele. Achei muito bonito isso! A última cena é muito maravilhosa, me segurei pra não chorar porque estava no metrô às 7 horas da manhã imagina quanta gente ia me ver chorando… Não rola isso

Se você gosta de histórias desse tipo, recomendo, mas fica o aviso que vai ter choro sim!

Segue a sinopse:
“Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.
Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra.
SOLDIER: Leal até o fim é um livro emocionante e intenso, recomendado para leitores de todas as idades, especialmente para os apaixonados por cães.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s