[Série] Stranger Things

A-trilha-sonora-fantástica-de-Stranger-Things

Pois é. Eu não poderia deixar de escrever sobre Stranger Things. Com certeza milhares, ou até milhões de blogs, sites e portais deram suas impressões sobre a série, e claro que eu não podia ficar de fora.

A história, caso você tenha ido parar em uma outra dimensão nessas últimas semanas, é sobre o sumiço do garotinho Will, o inesperado aparecimento da Eleven desculpe, me recuso a escrever Onze, e um experimento do governo que está “causando” por assim dizer na pequena cidade de Hawkins. Tudo isso acontece na década de 80, então nada de tecnologias avançadas igual hoje em dia. Imaginem como era resolver um mistério nesses anos.

Mike, Lucas e Dustin foforuxo estão fazendo de tudo para encontrar seu amigo Will quando encontram a Eleven e acolhem ela. Mas logo descobrem que ela não apenas uma bela garotinha careca. Ela é muito badass e girl power! Além de um pouco estranha e assustadora se você mexer com ela ou com os amigos dela. Adivinha quem é minha personagem preferida da série.

Enquanto isso, o xerife Hopper e a mãe do Will, Joyce, fazem suas próprias buscas pelo desaparecido, e descobrem que existe muito mais além do desaparecimento dele, que essa história é muito mais monstruosa do que se imagina. O irmão mais velho do Will, Jonathan, também se envolve em sua própria busca, e deixa o coraçãozinho bater mais forte quando ganha a ajuda da irmã do Mike, a Nancy.

Deu pra perceber que existem três núcleos procurando pelo Will, certo? A parte boa: os adultos e adolescentes não atrapalham ou zombam da busca das crianças. Até porque nos anos 80 as crianças corriam e pedalavam soltas pelo mundão sem medos ou preocupações, mesmo com todo esse mistério e suspense na cidade e na floresta negra.

Já que falei dos anos 80, vamos às referências. São infinitas! Cenas de filmes, autores da época, músicas e bandas maravilhosas, Spielberg… Agradeço mami e papi que me fizeram crescer com essas coisas da adolescência deles, então não fiquei tão perdida nesse quesito, e isso me fez adorar ainda mais essa série. Outra coisa que adoro é como as crianças se baseiam o tempo todo no Dungeons & Dragons, o RPG que eles jogam. Parece que tudo gira em torno do jogo de tabuleiro, e fica mais fantasioso e maravilhoso.

Caso você esteja se perguntando qual o gênero do seriado, é suspense. Você toma muitos sustos e fica tenso o tempo inteiro! Eu odiei essa série, mas odiei tanto que não consegui parar de assistir até chegar no último capítulo e me dar enjoo com a última cena. Nesse momento eu decidi que realmente odiava a série. E por conta disso, já aguardo ansiosamente pela segunda temporada.

Muitíssimo obrigada, ó, poderosa Netflix por mais esse vício na minha vida! E irmãos Buffer, vocês não poderiam ter tido ideia melhor para fazer uma série! Obrigada também pela escolha do elenco, não consigo reclamar da escolha de nenhum ator, principalmente da ala infantil. Estou apaixonada por essas crianças ❤

13891897_143041036132406_2032165910947463159_n

Depois dessa imagem que traduz muito bem o quanto Stranger Things é boa, confiram o trailer da série!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s