Cidade das Cinzas

14374759_1096654370384500_655192738_o

Livro: Cidade das Cinzas
Autora: Cassandra Clare
Páginas: 404
Tempo: 6 dias

Finalmente li o segundo livro da série Instrumentos Mortais! Apesar de não ter ficado tão animadona como fiquei lendo o primeiro, esse livro continua sendo muito bom. Ainda não posso recomendar a série toda, já que tem mais quatro pela frente, mas até Cidade das Cinzas eu digo: leiam!

Esse livro começa com todos ainda alvoroçados  pelos acontecimentos e revelações do final do primeiro, o que leva a Clave (tipo o governo dos Caçadores de Sombras) a desconfiar e suspeitar muito do Jace, que está ainda mais rebelde e revoltado. A Inquisidora, tipo uma juíza, vai para NY para julgá-lo e descobrir de qual lado ele está, mas os acontecimentos conspiram contra ele.

Mais uma vez o Valentin decide que vai acabar com a paz e alegria de todos, e cria mais um plano mirabolante para se tornar o todo poderoso. Claro que o grupinho Jace dourado, Clary criançona, Isabelle diva do pop, Alec pirigótico sensual e o chato do Simon iam se juntar para dar um jeito em toda a confusão que o malvadão quer causar.

Achei que a história começa meio devagar, todo mundo meio perdido no que está acontecendo e no que eles estão fazendo. Mas logo que começa a ação e as revelações de segredos o negócio começa a ficar bom mesmo! O problema é até chegar lá, acho que tem que passar da metade do livro. Mas não desiste, não! Força e vai pra cima!

Uma coisa que me incomodou, e bastante, foi o excesso de toque “Crepúsculo”. Em duas passagens eu juro que quase joguei o livro longe por não acreditar que a autora tinha escrito aquilo. Admito que fiquei um pouco decepcionada com isso, acho senti que faltou um pouco de criatividade. Tudo bem que a temática é parecida, vampiros e lobisomens e existem e tudo mais… Mas não precisa disso.

Por outro lado os personagens me encantaram mais ainda! Só a Clary que ainda acho meio criançona, tudo bem que ela tem 15, 16 anos, mas a história caminha para um lado tão maduro que acho que faltou desenvolver a ruivinha. Não vou falar do Simon, por mim ele nem precisava ter passado do primeiro livro, mas… Acho que tem gente que gosta dele. Mas deixa ele de lado, vamos falar de coisa boa! Jace, Alec e Isabelle são os melhores, maravilhosos!

Gostei muito também de ter conhecido um pouco mais do Luke. Desde o começo me intrigava com ele, sempre todo misterioso e caladão, mas pronto pra ação e pra chutar uns traseiros! Gosto muito desse lobão!

O final não deixou tanto suspense assim para o próximo, mas ainda tem muito fio solto nessa história, muita coisa pra resolver e matar essa curiosidade do que o Valetim está armando. Estou gostando do jeito que a Cassandra Clare está escrevendo, cada livro como um capítulo de um enorme. Meio um Harry Potter, terminou o ano em Hogwarts, terminou o livro, terminou a historia, no próximo tem novas aventuras, mas sempre com o mesmo vilão planejando malvadezas.

Segue a sinopse:

Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras especializada em matar demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você descobre de repente que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que um simples “amigo”. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe deles parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau… e também o pai de Clary e Jace.
Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se isso for verdade, qual seria o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?”

Aproveita que está aqui e dá uma lida no que achei do primeiro livro, Cidade dos Ossos! E não esquece de seguir o Instagram do blog 😉

Anúncios

Um comentário sobre “Cidade das Cinzas

  1. Pingback: Cidade de Vidro | dançando com livros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s